Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Primavera e Inovflow levam Tecniarte para o futuro

Publicado em 29 Maio 2018 por Ana Rita Guerra | 83 Visualizações

A empresa de construção civil e reabilitação urbana Tecniarte renovou os seus sistemas empresariais com a implementação do ERP Primavera e Primavera Construction. O projeto foi contratado à Inovflow e teve como objetivo a desmaterialização e unificação de processos, maior rentabilidade das operações e controlo integrado das obras. Foi uma implementação espoletada pela saída da empresa do grupo onde estava inserida.

O projeto demorou cerca de quatro meses e unificou todos os processos numa plataforma, incluindo os módulos construção, logística, financeiro, imobilizado, recursos humanos e office extensions (para reporting). No caso do Primavera Construction, o intuito da solução foi permitir à Tecniarte a gestão das obras através de fluxos automáticos de informação, desde a resposta a concursos à negociação, adjudicação, orçamentação, planeamento, execução e controlo. Como parte do projeto, a Inovflow também integrou aplicações desenvolvidas fora do ERP Primavera.

À partida para esta implementação, o que a empresa queria era agregar os processos críticos para o negócio, focando-se num módulo próprio para o sector da construção. Até ao verão do ano passado, a Tecnicarte estava inserida no grupo empresarial João Jacinto Tomé S.A, que usava ferramentas Navision. Quando saiu, a empresa teve de escolher uma nova plataforma. No tempo que passou a examinar as opções disponíveis no mercado, o foco da empresa foi escolher software que assegurasse o controlo das obras – já que se trata de projetos longos, complexos, com múltiplos intervenientes e listas extensas de materiais.

O resultado final, dizem as empresas envolvidas, é um sistema que integra os processos críticos e diminui a complexidade ao mesmo tempo que aumenta a rentabilidade. «Ganhámos uma agilidade sem precedentes na forma como operamos e isso reflete-se na satisfação da equipa e dos clientes – os nossos principais focos de atenção», refere Paula Reis, diretora geral da Tecniarte. A empresa tem uma faturação anual em torno dos 14 milhões de euros.


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados